2014 em Paris!

Além de todos os outros desafios, 2014 também tem gosto de retorno e de contínuo aprendizado. Vou voltar a Paris para comemorar meu aniversário de 30 anos. E os planejamentos?

Este ano começa com o aumento no IOF (imposto sobre operações financeiras) para saques no exterior. Agora o imposto é de 6,38%. Isso vai influenciar na vida de quem só usava Visa Travel Money (<— eu).  Agora tanto compras com cartão de crédito quanto cartão de débito têm o mesmo valor de imposto.

Arco do Triunfo_Dicas de Paris_Viagem

 

Na matéria da revista Exame há dicas de um consultor de que o melhor é levar o dinheiro em espécie, mas ele também alerta para o risco de ser roubado. Na matéria Uol, a dica do consultor é levar 20% a 30% do valor que você vai gastar na viagem em dinheiro. O Jornal O Globo também indica que levar “dinheiro vivo”é melhor. Então, o ideal é planejar MUITO BEM!

Quem já começou a planejar a viagem levando em conta esse aumento do IOF?

Dicas para viajar sozinho

Viajar sozinho (a) é muito bom! Quem tem um boa companhia para viajar não pode reclamar, mas se você ainda não tem e mesmo assim quer conhecer alguns lugares, não guarde seus sonhos! Check list:

* Passaporte – Já tem o seu? Providencie. É super rápido e você evita problemas. Em alguns países, eles solicitam que seu passaporte tenha expedição mínima de 6 meses.

* Visto – A Europa não pede visto, se você for ficar até 3 meses.

*Dinheiro – Recomendo que você guarde dinheiro para ir comprando Euro aos poucos. Não recomendo levar cartão de crédito. Não há melhor sensação que viajar e voltar sem dívidas! Pode ter um cartão de débito internacional, o Visa Travel Money.

* Seguro saúde – É barato, em média 60 reais. Você pode solicitar na agência de viagens mais próxima. Evita transtornos, caso você necessite de atendimento médico.

*Temperatura – acompanhe diariamente todas as notícias sobre previsão do tempo. Por mais que seus colegas digam que “nessa época” a temperatura é tal, não confie. Clima muda. Não recomendo fazer compras de roupas para viagens (só se você não tiver casacos , meias e luvas, claro), economize.

*Idioma- ninguém é obrigado a aprender Francês, mas aprender o básico ajuda bastante: Bonjour, bonsoir, merci, de rien, excuse-moi, Au revoir, desolé. Aqui no blog tem a seção “Étudie Français” para quem estiver interessado em aprender.

Église Saint- Pierre

Église Saint- Pierre

À tout l’heure! 🙂

Visa Travel Money

Usar cartão de crédito é muito complicado. Você terá que passar vários meses pagando coisas antigas. Aconselho fazer o planejamento. Planejamento para tudo na vida!

Faça as contas de quanto pretende gastar por dia (transporte, alimentação, passeios). Em Paris tudo é mais caro, visto que converter valores de real para euro é quase um parto. A diferença é que o euro é um pouco mais que o dobro do real. Então, imagine o bolso vazio! rs

Para não dar nada errado. Aconselho fazer estas contas e definir o mínimo que você levará para viagem. Vai guardando dinheiro na poupança para depois comprar euros e um cartão de débito internacional, o Visa Travel Money.

Fui à loja Cotação, do Banco Rendimentos. Consegui receber o meu Visa Travel Money em 20 minutos. Fui bem atendida. Só de pensar que antes eu tentei fazer isso no Banco do Brasil e eles inventaram uma super burocracia.

A palavra chave deste post continua sendo PLANEJAMENTO. Se você guardar, organizar suas finanças com antecedência, poderá aproveitar muito mais a viagem. Mas se você for viciado em dívidas, será difícil mesmo. rs

Vamos planejar! 😉

Crédito da foto: Prefeitura de Paris

Crédito da foto: Prefeitura de Paris