Estação Châtelet, do Metrô de Paris

Porquoi falar sobre uma estação de Metrô? Bem, as estações de Paris também têm muito a contar sobre as histórias da cidade. Algumas pelos artistas. Outras pela quantidade de mendigos.

O seu funcionamento começou em 6 de agosto de 1900. Possui este nome em virtude da existência até 1802 do castelo Châtelet. Este foi demolido por Napoleão Bonaparte.

A animação da linha também é uma consequência do trânsito de turistas no local. Diferente de outras estações da periferia.

Isso quer dizer que indo ou vindo você vai ouvir boa música no caminho!!

Advertisements

Paris para turistas

A Ville Lumière – após o ataque ao Charlie Hebdo – já está com a segurança reforçada. Tanto moradores quanto turistas já podem ver a mudança nas ruas e nos principais pontos turísticos. É importante lembrar que antes disso já havia um forte esquema de segurança nas proximidades da Torre Eiffel. Decidi escrever este post em Português, pois ele é direcionado aos que estão com passagens marcadas para os próximos dias.

Nunca é demais pedir que você leve impresso: o e-mail com sua passagem de retorno, confirmação de hospedagem e seguro saúde internacional. Quem não fala nada em Francês pode perceber mais rigidez no guichê da imigração. Sugiro decorar (em francês) a frase com o motivo da sua viagem.

Durante o passeio em Paris guarde os bilhetes comprovantes do metrô. Afinal a fiscalização lá também pode aumentar!

Após o ataque de 11 de setembro percebemos o quanto os EUA se fecharam para o turismo. O 7 de janeiro também será marcante para a França. Então, não fiquem surpresos se for criada alguma restrição. Que a paz volte a reinar na cidade que tanto amo!!

“Paris sera toujours Paris” 😉

2015/01/img_1582.png

Le Cimetière de Montparnasse

O cemitério onde estão enterrados Simone Beauvoir e Jean Paul Sartre é um dos famosos pontos turísticos de Paris. Le Cimetière de Montparnasse tem até um mapa com a indicação de onde estão as personalidades.

São 42 mil sepulturas e 1.200 árvores (!). Lá estão políticos, escultores, cineastas, poetas, sociólogos, escritores, comediantes, etc. Também estão 4 sargentos acusados de fazer complô contra a monarquia. Eles teriam sido guilhotinados em 1822.

IMG_6552.JPG

IMG_5288.JPG

IMG_5289.JPG

IMG_5294.JPG

Torre Eiffel

O passeio básico em Paris é conhecer a Torre Eiffel. Impossível pensar nos outros pontos turísticos primeiro. A Torre é tão enigmática que você vai ter vontade de voltar outras vezes.

Na subida do elevador já vai rolar a emoção (em vários idiomas)! A vista de Paris é maravilhosa e vai valer cada Euro que você pagar. Na Torre há lojas, cafés e restaurantes.

This slideshow requires JavaScript.

Como chegar?

Recomendo ir de metrô. É só descer na Estação Bir-Hakeim e já ir aproveitando a visão da Torre de longe! 🙂

Bilhetes 

Os ingressos custam entre 5 e 15 Euros. Você vai enfrentar uma fila, então, nada de saltos.

Vídeos que eu fiz este ano:

VAMOS SUBIR? 🙂

 

Linda vista de Paris

Gostaram?

Disneyland Paris

Como ir à Disneyland Paris? Gente, é super fácil! Eu escolhi passar o dia do meu aniversário de 30 anos lá. Nem sou tão louca pelos personagens, mas fui sabendo que seria um passeio diferente.

This slideshow requires JavaScript.

Até eu que sou um pouco insensível me emocionei com algumas apresentações. Conhecer o Castelo da Bela Adormecida “en Français” foi chique demais! rs

No final do dia eu estava cansada de tanto andar e minha mochila LOTADA de compras (que eu jamais pensei que faria lá). Recomendo ir de tênis ou bota. Salto nem pensar, viu gente!

Como comprar o ingresso?

Você pode comprar pela internet ou na loja da Disney na Champs-Élysées. Você pode escolher um ingresso para visitar os dois parques  (Parc Disneyland e Parc Walt Disney Studios) em um dia só ou visitar em dois dias (qualquer época do ano ou reservar uma data específica). Também pode escolher visitar somente um parque.

Eu escolhi um ingresso para visitar tudo no mesmo dia (sem agendar data). Valor: 80 EUR (cerca de 300 reais).

Transporte

Aqui é a melhor parte! Você pode pegar metrô de onde estiver, descer em alguma “Gare” e pegar um trem RER que vá para a cidade Marne-la-Vallée. É bem fácil, já que as estações são bem sinalizadas. Você nem precisa dizer que vai para essa cidade. Basta pedir “un billet pour Disney” 😉

Outra dica é comprar logo o “billet” de trem de volta. Assim vai evitar filas! Ao sair da estação você já vê o parque!

Atrações

Eu gostei mais do Parc da Disneyland. O Walt Disney Studios não me chamou tanta atenção. Foi uma emoção passar meu aniversário de 30 anos lá!

Quem vai se diverte são os adultos que podem passear e curtir tudo. As crianças só ficam dormindo ou reclamando porque não pode ir em alguns “brinquedos”. Enfim, acredito que a Disney deixou de ser local de criança há muito tempo! Adolescentes e adultos que conseguem aproveitar mesmo.

Alimentação

Lá é tudo bem caro. Tão caro quanto o ingresso de entrada. Então, prepara-se. rs

Compras

Lá tem de tudo com a marca Disney – bolsas, camisas, vestidos, sandálias, pratos, toalhas, colheres, tapetes, carteiras, carregadores de smartphone, cases – além de brinquedos, claro.

Filmei algumas coisas lá. Veja só:

Walt Disney Studios

Não conheço a Disney dos EUA, mas pelo que pesquisei a Disney da França é igual – com o plus de você ouvir o tempo inteiro “Français”<3.

 

IMG_5423.JPG

IMG_5406.JPG

IMG_5409.JPG

IMG_5457.JPG

IMG_5506.JPG

IMG_5521.JPG

IMG_5518.JPG

 

P.S: Tem promoção de entrada a 41 EUR no Haloween Disney.

IMG_5427.JPG

Turismo + História = Arco do Triunfo

Ponto de encontro de muitos turistas. Enigmático (não tanto quanto a Torre Eiffel, mas ainda sim com seus encantos). Fabuloso para visualizar de longe e para literalmente ler a história cravada na pedra.

Assim é o Arco do Triunfo (Arc de Triomphe), localizado ao fim da Champs-Élysées. Ele foi construído em comemoração às vitórias de Napoleão Bonaparte. A inauguração foi em 1836.

Arco do Triunfo

 

Filmei esta apresentação, que foi realizada ao lado do Arco este ano. Eu adoro os artistas de rua e veja só como uma simples performance chama atenção de tantas pessoas! Eu filmei mais “shows” e aos poucos vou postando no meu canal do Youtube e aqui no Blog. 

 

Arco do Triunfo

Lembra que eu falei que a história estava cravada na pedra? Então, no monumento do Arco do Triunfo estão gravados os nomes de 128 batalhas e 558 generais. Também há o Túmulo do soldado desconhecido.

É um verdadeira aula de História. Não é difícil ver grupos de crianças e seus respectivos professores por lá. Afinal, o que é melhor que aprender na prática? 😉

À tout l’heure! 😉

Adereços egípcios

Uma das maravilhas dessa terra são os adereços. Somente analisando estas peças já podemos conhecer um pouco do Egito.

Devido aos cuidados do Museu do Louvre (Musée du Louvre) há muitas peças milenares em exposição. Magníficas!

Estas fotos são da minha visita em maio de 2013:

IMG_5940.JPG

Veja estes lindos anéis!! IMG_5941.JPG

Todas estas peças são do período “Faraônico”. Adereços e pinturas eram importantes tanto em vida quanto na morte, visto que os corpos também eram enfeitados.

O status (assim como hoje) também estava na aparência. Egípcios ricos tinham muitas jóias e bom vestuário. IMG_5942.JPG

Também sou apaixonada pela cultura do Egito e aos poucos vou divulgar aqui no Blog mais fotos de peças de lá. Afinal a visita a esta área do Museu do Louvre é quase uma viagem no tempo para conhecer o Egito antigo! 

Você também gosta do Egito? Já foi lá alguma vez ou fez esta “viagem” apenas dentro do Louvre? Conta aí! 😉

Dia de feira em Paris!

Lojas são para poucos e você ainda corre o risco de levar muitos produtos Made in China. Feiras agregam valor e ainda garantem bons papos com franceses.
Sugiro que você conheça duas feiras na região de Montparnasse, em Paris:

* Feira ao lado da Square l’Aspirant Dunad;
* Feira ao do lado do Cémitiere Montparnasse;

Geralmente elas são realizadas duas vezes por semana nestes locais. Não tenho a lista completa, mas uma das feirantes disse que eles não paravam. É a verdadeira Paris das feiras!!

Fazer uma passeio pelas feiras é a certeza de que será uma explosão de cheiros e sabores. Você começa vendo as barracas de roupas, acessórios, bolsas, sapatos e etc.

Depois começam os cheiros e sabores dessa terra maravilhosa. São peixes, frutas e outros alimentos que não fazem parte da nossa gastronomia.

Um detalhe interessante é o ritmo de caminhada: não ouse fazer o passeio pela feira de uma forma rápida. Ninguém vai deixar ou vão te olhar de um jeito estranho. O francês anda devagar com seu carrinho de compras forrado de pano, vai provando e conversando.

Gostou das dicas de feiras de Paris?

20140727-140617.jpg

20140727-140851.jpg

20140727-174715.jpg

Apaixone-se por Paris

Já fui duas vezes a Paris. Antes que você pense que eu sempre tive sonho de infância de conhecer a França eu já respondo NÃO. Foi por acaso mesmo.

Na verdade minha paixão da infância era a Itália. Quando eu tinha 11 anos ganhei um livro com dicas de frases em italiano e isso só aumentou a vontade. Criança de 11 anos com paixão por idiomas = muitos sonhos de viajar.

O tempo passou…

Como diz a música de Rita Lee, “um belo dia resolvi mudar e fazer tudo o que eu queria fazer”. Tive a oportunidade de escolher uma capital no estrangeiro para passar meu aniversário de então 29 anos. Escolhi Paris, capital de um país do qual eu não tinha nenhum conhecimento sobre o idioma.

Do Francês eu só sabia: abajour, lingerie, croissant…

Depois de 1 ano e 6 meses de estudo do idioma, eu já fui duas vezes a Paris, consigo falar e produzir textos. Importante destacar que nas duas vezes eu viajei sozinha. A última foi excelente porque eu participei de várias conferências e palestras em várias universidades parisienses. Aos poucos eu vou relatando tudo aqui.

20140719-131515.jpg

Um dia pretendo voltar a estudar italiano de verdade. Mas hoje posso dizer que o Francês acrescentou muito na minha vida!

Revendo esta terra maravilhosa!

Matar saudades dá uma sensação tão boa. Quando cheguei em Paris, a minha vontade foi falar para cada pessoa que eu encontrava na rua “Salut! Ça va? J’ai retourné!”

Paris estava cinza, com chuva e o frio característico dessa época de “primavera”. Tudo continua lindo!

Aproveitei para visitar novamente a Tour Eiffel e acompanhar o pôr-do-sol lá do auto.

20140509-003229.jpg

20140509-003310.jpg

20140509-003352.jpg

20140509-003424.jpg

20140509-003503.jpg

Allez!! 🙂

O sol apareceu em Paris!

A Prefeitura de Paris publicou ontem está linda foto. Lá eles ressaltam as mudanças de clima. Destacaram que o dia foi de sol.
Nesta época a Europa passa pela primavera. Entretanto é uma primavera bem diferente daquela que vivemos no Brasil. Posso dizer que a primavera deles é equivalente ao nosso inverno.

Enfim, agora estou realmente ansiosa para voltar à Paris! Faltam 4 dias 😉

20140503-153930.jpg

Quem não estaria ansioso hein?

By Ana Célia Costa Posted in passeios

Preparativos!

Paris terá entre 6 e 19 graus nesta semana. Pelas previsões de tempo não irá mudar muito até a próxima semana.

Levanta o mouse quem já está ansioso para viajar? \o/

A minha dica para quem vai à Paris nesta época do ano é levar um casaco que também seja impermeável, além de uma sombrinha. Costuma ter chuva e ninguém quer que isso estrague o passeio.

Faça novamente sua lista de coisas que não podem faltam e comece a imprimir documentos (passagens ida e volta, seguro saúde, reserva de hotel). Vão cobrar tudo isso de você assim que sair do avião.

Destaco aqui uma sequência de fotos do Musée du Louvre (meu lugar favorito lá), especificamente na seção sobre o Egito:

IMG_0937

IMG_0938

IMG_0939

Por Paris…

Permita-se perder pela Ville Lumière!

O que você pensa em fazer quando surge uma oportunidade de conhecer Paris? A primeira atitude é comprar um guia com dicas ou pesquisar vários sites/blogs sobre o assunto, certo? Eu fiz isso também.

Entretanto ao chegar em Paris (pela primeira vez) tive que mudar todo o meu planejamento. Comece uma caminhada pelas ruas ao lado do Rio Sena e vai entender o que eu quero dizer. Você vê tantos lugares que precisa parar um pouco e ver mais. Não vai dar tempo de ver tudo meu Deus! 🙂

 

Dicas Paris Blog

Place des Vosgues, Marrais. Fotógrafa: Ana Célia Costa

Vai dar tempo sim, mas eu recomendo que você tire o pé do acelerador. Passear por Paris pede um passo bemmmm lento. A cidade merece. Você merece!

Entre nas lojinhas de esquina, nos Museus (aqueles nem tão famosos principalmente). Permita-se entrar em ruas desconhecidas. Nem precisa se preocupar, afinal tem estação de Métro em todo lugar!

IMG_1227

Restaurante localizado no Marrais aussi. Fotógrafa: Ana Célia Costa

Então se eu tiver como dar um bom conselho para você que vai conhecer Paris, permita-se conhecer a cidade sem planejamentos. Faça uma lista básica, mas não enumere o que fazer a cada meia-hora.

Deixe a cidade te mostrar o que seu dia merece ter… 🙂

Musée du Louvre. Fotógrafa: Ana Célia Costa

Musée du Louvre. Fotógrafa: Ana Célia Costa

À tout l’heure, mes amis!